POR QUE ESCOLHER A BYTE FACTORY?

Além de oferecer 100% de ferramentas e serviços personalizados, nossa equipe tem o foco na alavancagem do seu negócio, informando e auxiliando sua expansão.

CONTATO
  • End.: Av. Jose de Souza Campos, Nº 1.815, cj 1.202
    Campinas-SP CEP 13025-320
  • Tel: +55 19 3795-4460 / 4461 / 4462 / 4463
  • Email: atendimento@bf.net.br

Isenções por tipo de empresa

12/03/2004 em Fiscal

Adicionamos uma nova coluna no cadastro e na tabela prodisen. Coluna COD_CAE. Com esta nova coluna, pode-se restringir isenções por tipo de empresa, em branco, continua como antes.

Possibilidade de editar diversas tabelas ao mesmo tempo

12/03/2004 em Centro de Informações

Em MI, adicionamos o compo Editar também, estamos finalizando a edição combinada de diversas tabelas numa mesma tela. O navegador ficará dinâmico.

Botão de publicação operacional

12/03/2004 em Centro de Informações

O botão que publica isoladamente rotinas do servidor ou base teste para a base oficial está operacional. O caminho do INI oficial deve ser indicado na config. geral. COm isso, pode-se publicar rotinas sem abrir outro Aics ou outra base. Como são INIs distintos, os servidores podem estar em ambientes diferentes.

Ao chamar o estoque pelos nós internos, agora já entra filtrado

12/03/2004 em Explorer

O estoque, engenharia e produção não estavam obedecendo a chamada pela pesquisa do árvore, agora segue e já entra filtrado.

Callback para alterar reduções de impostos

12/06/2004 em Fiscal

A função que retorna o valor da redução da base de ICMS pode ser alterada por script, basta declarar uma função: Function Aics_BaseAliqReducaoIsencao(Produto, Origem, Destino, CFOP, CodCFOP, Tipo, Classif, ST, FluxoNF, Suframa:String):double

Em NFs de entrada, as contabilizações podem ser pelos materiais

12/06/2004 em Fiscal

Em NFs de entrada de materiais, cuja CFOP esteja marcada para valorizar estoque, indicando materiais que sejam itens de estoque, que estejam classificados em nós que estejam ligados diretamente ou indiretamente (por nós pais) à classificação contábil; a(s) conta(s) para lançamento dos débitos contábeis virão deste relacionamento, senão, segue a regra anterior: pelos rateios associados ao financeiro ou pela conta principal associada ao movimento.

O critério de entrada dos itens sub-produtos segue o preço médio

12/07/2004 em Produção

Para finalizar o conceito de uma engenharia gerar N sub-produtos, faltava o critério de entrada dos sub-produtos. Ficou definido que eles entram pelo seu valor médio e que o item principal entrará pelo valor final descontando-se os valores destas entradas dos sub-produtos.

Baixa parcial com preço alterado

12/07/2004 em Produção

Nas baixas parciais das OPs, o preço que estava sendo praticado era o médio. Como ocorreu de uma OP ser baixada parcialmente e ainda não ter preço médio, colocamos que o preço a ser baixada, preferencial, será o do custo previsto da OP.

Adicionamos uma ligação entre as despesas

12/07/2004 em Análise de Rentabilidade

O objetivo desta ligação, é conectar partes de um ativo ao todo. Por exemplo, pode-se ter o cadastro de todas as partes de uma máquina e, para controle, ligar todas as partes à máquina apenas. Todas as análises são feitas pelos itens principais. Coluna DS_VINCDESP em CUSDESP.

Opção atualizar listas

12/07/2004 em Geral

Algumas listas de entradas de dados - combos - estão ligadas à cursores que podem estar desatualizados. Com o botão direito do mouse, adicionamos a opção atualizar que atualiza o cursor ligado.