POR QUE ESCOLHER A BYTE FACTORY?

Além de oferecer 100% de ferramentas e serviços personalizados, nossa equipe tem o foco na alavancagem do seu negócio, informando e auxiliando sua expansão.

CONTATO
  • End.: Av. Jose de Souza Campos, Nº 1.815, cj 1.202
    Campinas-SP CEP 13025-320
  • Tel: +55 19 3795-4460 / 4461 / 4462 / 4463
  • Email: atendimento@bf.net.br

Edição de Pedidos em modo ECF

03/10/2009 em Comercial

Adicionamos um recurso no módulo Comercial, quando operado com impressora fiscal acoplada, que diminui e muito o trabalho de emissão dos cupons quando um orçamento existir. O módulo Comercial em "Modo Caixa", quando editar um pedido sem cupom, irá permitir emitir o cupom na hora com todos os dados previstos e, ainda, continuar a emissão adicionando novos itens. Isto elimina grande trabalho de reentrada de dados e já deixa registrada toda a transação pré-realizada pelo atendimento comercial.

Recurso de Captcha

01/09/2009 em WebServer

O recurso de captcha é a exibição de um texto em formato de imagem no qual ao usuário é solicitada a leitura e digitação do campo de imagem. Este recurso tem o único objetivo de evitar que sistemas automáticos façam postagens em formulários web.
No serviço do AICS mais recente, este recurso foi adicionado nativamente. Para ativá-lo, dentro do seu formulário, indique um comando IMG com a opção SRC chamando a ação imgcap. Declare um campo escondido com o mesmo ID de chamada da imagem, este ID deve ser dinâmico na forma de TAG (CAPTCHAID). Um exemplo disso seria como mostrado abaixo:
Insira a informação da imagem abaixo Na ação que recebe o Post deste formulário, a rotina poderá checar pelo ID do captcha se o usuário digitou o conteúdo correto. A tabela que armazena os Captchas é a CAPTCHA.

Nova opção de aplicação facultativa do ICMS Substituição

01/09/2009 em Fiscal

O ICMS de Substituição é cobrado no produtor sobre o preço de venda esperado ao consumidor final. Este seria o objetivo deste tipo de cobrança. Além disso, esta cobrança antecipada recaía sobre a mesma base de cálculo do ICMS direto.
Em portarias recentes, o cálculo do ICMS Substituição pode não sofrer reduções da base de cálculo em determinados produtos, isto é, o valor final calculado do imposto será maior para estes casos. Mesmo assim, a base de cálculo do ICMS direto pode apresentar redução de base.
Sem comentários quanto a este critério, para suprir esta nova legislação, a Byte Facory ampliou a tabela de ICMS de substituição TABICMSUBS) adicionando uma coluna que indica a necessidade de não reduzir a base apenas do ICMS de Substituição.

Diagramação com Caixas Travadas

01/09/2009 em Editorial

Na Editoração pelo módulo Editorial, as setas do teclado podem ser utilizadas para deslocamente fino dos módulos na página. Entretanto, estas setas podem ser acionadas inadvertidamente.
Para evitar isso, como padrão, as teclas passam a ficarem desativadas. Para ativá-las, acione a opção "Tec." na barra de tarefas da diagramação.
Portanto, as caixas não mais serão movidas pelo teclado, apenas pelo mouse e pelos marcadores visuais (setas vermelhas na barra superior). O modo anterior é ativado ativando a opção "Tec.".

Rotinas para codificação de URL publicadas

01/09/2009 em Centro de Informações

O AICS está cada vez mais sendo utilizado como ferramenta central na gestão de informações pela internet. A principal vantagem é sua fantástica integração com uniformidade nas regras de negócios e desenvolvimento integrado com o sistema desktop.
Visando melhorar os sites que utilizam Ajax + AICS, publicamos 2 funções bem úteis que permitem transpassar qualquer problema de código de página entre o navegador e o servidor:
function UrlEncode(DecodedStr: String; SinasDeMais: Boolean): String;
function UrlDecode(EncodedStr: String): String;
Além disso, no ServAICS, foi criada a função alert_aics que, antes de mostrar uma mensagem, a decodifica e deixa sem o possível marcador de erro NOK. O objetivo é deixá-la mais amigável apenas. Esta função pode ser utilizada no lugar da alert convencional do JavScript.

Correção de pesquisa em PostgreSQL

01/09/2009 em Geral

A versão mais recente do AICS possui uma correção, ainda não reportada em campo, de uma pesquisa em telas feitas pelos usuários pelo Centro de Informações. Nesta mesma atualização, otimizamos algumas montagens dos comandos para deixar a execução mais rápida.
Esta correção afeta diretamente o uso do AICS em banco de dados PostgreSQL e a otimização vale para todos os bancos.

AICS com Impressora Fiscal

01/09/2009 em Comercial

O AICS já possuía o recurso de interface com impressoras fiscais através da publicação de rotinas de acesso a DLL genéricas. Estas rotinas permitiam muita liberdade na criação dos procedimentos com estas impressoras, especialmente as fabricadas pela Bematech.
Nesta atualização do sistema, o AICS poderá interfacear, sem rotinas do usuário, com impressoras Bematech compatíveis com a DLL de alto nível fornecida, a partir do módulo Comercial.
Se, na estação do AICS, houver a DLL instalada, na entrada do sistema será indicado o sufixo PDV. No módulo comercial, bastará ativar este modo a partir do menu Arquivo, Caixa, Ativar.
Uma vez ativo, a tela será reconfigurada e seguirá o procedimento de atendimento já padronizado no mercado. Resumidamente, o AICS irá cair na pesquisa do cliente, aceitando CNPJ, CPF ou pesquisa pela base do sistema. Ainda, poderá pesquisar online na base colaborativa já cadastrando os dados não presentes na base de dados local.
Após isso, o cupom será aberto e a venda iniciada. Para melhorar a apresentação e facilitar a venda, o AICS irá aceitar definir a quantidade APÓS a inclusão do item, isto é, o item será enviado fechado para a impressora fiscal. Isso diminui a quantidade de linhas unitárias que ocorre em alguns outros sistemas.
No fechamento, sempre com atalho fixo em F12, poderá definir descontos e modos de pagamento. Ao final, o AICS apresenta as opções de pagamento e envia todas as informações ao Cupom e o finaliza. Internamente, o AICS irá associar um dado registro ao Nr do cupom gerado e ao número serial da impressora utilizada.
Para utilizar este novo recurso, basta ter licenças do módulo Comercial.

Recurso para Multi-engenharia

01/09/2009 em Materiais

As Engenharias contém uma sequência de processos e insumos podendo ser encadeadas livremente. Nesta atualização do sistema, introduzimos o conceito de multi-engenharia Basicamente, significa que um mesmo material poderá ter mais do que uma composição (processos e insumos).
Este recurso pode ser utilizado para:
- Facilitar gerenciamento de Produção com insumos semelhantes - Diferenciar certos processos, porém, obtendo o mesmo resultado - Suportar conceitos de perdas diferenciados - Permitir variações de composição sob diversos aspectos Ao atualizar o sistema, todas as Engenharias serão associadas a um processo Padrão número 1. No módulo de Engenharia, será possível agora pedir novas configurações. A configuração marcada como padrão é que estará ativa a cada momento. A tabela que gerencia as variações é a ESTENG. Será necessário dar direitos a ela para que seja permitido o apagamento e edição do nome da variação e da opção de padrão. Ao apagar uma variação, todos os processos e insumos associados a ela serão eliminados.
A Ficha Técnica seguirá a configuração marcada como padrão.
A geração de OPs, se feita pelo módulo de Produção, seguirá a variação ativa, não necessariamente a padrão.
A função por script GeraOP passa a, como padrão, gerar uma OP para a configuração padrão, porém, foi expandida nesta versão do sistema podendo aceitar, como código do produto, também a variação. Por exemplo, a chamada:
GeraOP('000001/2','01.0002',20)
Gerará uma Ordem de Produção do material 000001, utilizando a variação de composição 2, no local 01.0002 pedindo para produzir 20 unidades do material.

Misturando Aics, Apache, IIS etc num mesmo local

01/09/2009 em WebServer

Considere esta nota como avançada.
Os serviços Web operam baseados em portas de entrada, sendo a porta 80 a padrão para serviços www. O ServAICS, por exemplo, pode operar na porta 80, assim como outros servidores Web mais simples, como o IIS e o Apache, também podem.
Entretanto, pode ocorrer a necessidade de um determinado servidor necessitar rodar mais do que um serviço web ao mesmo tempo. Nestes casos, o uso mais comum é associar um deles a um port não padrão e chamar, pelos navegadores, usando o "dois pontos port". Por exemplo, www.meusite.com:8080.
No servidor Web do Aics, podemos configurar as pastas virtuais para cada domínio de entrada. O Serviço do Aics irá servir os arquivos e ações sobre esta pasta. Nesta atualização do sistema, criamos um "roteamento de domínios". Funciona assim: ao invés de indicar a pasta local dos arquivos do domínio, deve-se indicar o IP e port do servidor e serviço que irão trabalhar com o determinado domínio. Por exemplo:
Poderíamos configurar o IIS no port 8080 e o Apache no port 8088. Em seguida, deixaríamos a entrada pelo port 80 no serviço do AICS. No configurador de sites, configuríamos:
Site para o Apache: www.siteapache.com.br em 127.0.0.1:8088 Site para o IIS: www.siteiis.com.br em 127.0.0.1:8080 Com isso, de fora do servidor, qualquer usuário faria acesso direto aos sites www.siteapache.com.br e www.siteiis.com.br sem saber e nem se preocupar como isso está sendo processado. Além de poder ter sites associados diretamente ao servidor web do Aics com o máximo poder de manipulação e velocidade que ele dispõe.
Este roteamento foi feito com o máximo cuidado e não deve gerar nenhum tipo de perda de performance de acesso ao serviço direto. Nenhuma tradução foi feita dos comandos, logo, é total e transparente a passagem de dados entre os clientes web e os serviços nativos.

Nova função para obter cursor em formato de tags

01/09/2009 em Centro de Informações

Nota técnica avançada.
Com esta função, será possível preparar dados para envio por meio eletrônico, armazenagem com posterior aplicação e o que mais a realidade necessitar.
Sintaxe:
function CursorToTags(CursorName:string):String Onde, CursorName é o nome do cursor que deve ser exportado O resultado será o conteúdo formatado como tags XML ou HTML.